Acetilcisteína (Fluimucil)

Para que serve a Acetilcisteína (Fluimucil)? Mucolítico que reduz  a viscosidade diluindo as secreções mucosas. Indicado nas doenças bronco pulmonares crônico como: (Enfisema crônico, Enfisema com bronquite, Tuberculose, Bronquiectasia, Amiloidose pulmonar primária); pneumonia,bronquite, traqueobronquite, fibrose cística, atelectasia por obstrução mucosa (conhecido como tampão mucoso) e diagnóstico bronquial.n acetilcisteina fluimucil

Serve também como antídoto em intoxicação hepática por superdosagem de Paracetamol.

Como a Acetilcisteína (Fluimucil) age?

Age na fluidificação dissolvendo as secreções respiratórias tornando as mais líquidas nas crises com catarro e gripes. Não interfere na tosse e com isso facilita a expectoração (liberação) das secreções.

Ajuda a prevenir e/ou estabilizar a progressão do enfisema pulmonar, pois tem uma função antioxidante (inibe os efeitos da oxidação), protegendo o organismo da ação dos radicais livres.

Também exerce uma ação protetora contra alguns danos provocados pelo fumo. Deixar de fumar seria a melhor e mais saudável medida.

Quando inalada pela boca, acetilcisteína é usada para ajudar a soltar o muco nas vias aéreas devido a determinadas doenças pulmonares (como enfisema ,bronquite , fibrose cística e pneumonia ). Este efeito ajuda a limpar o muco (secreção) de seus pulmões para que você possa respirar mais fácil.

Este medicamento também pode ser tomado por via oral para prevenir danos aos rins devido aos corantes de certos processos de raios-X (como tomografia computadorizada ).

Contraindicação

Não deve ser usado em caso de hipersensibilidade (reações excessivas, indesejáveis danosas e desconfortáveis) a acetilcisteína ou a algum componente da fórmula.

Como Usar a Acetilcisteína (Fluimucil)?

Se estiver tomando este medicamento por via oral, tome-o como indicado pelo seu médico. A solução é geralmente misturada com água. Informe ao seu médico se você vomitar dentro de 1 hora depois de tomar a medicação.

Você pode precisar tomar outra dose. A dosagem é baseada em sua condição médica e resposta ao tratamento. Informe ao seu médico se sua condição não melhorar ou se está se agravando.

Efeitos Colaterais da Acetilcisteína (Fluimucil)

Você poderá sentir náuseas e até vomitar. Caso esteja inalando este medicamento por via oral podem ocorrer feridas na boca e seu nariz pode ficar escorrendo também.

Se algum destes efeitos persistirem ou piorarem, informe ao seu médico imediatamente.

Lembre-se que seu médico(a) receitou-lhe este medicamento, porque ele(a) através  do seu conhecimento entendeu que o benefício para você é maior do que o risco de efeitos colaterais. Muitas pessoas utilizam este medicamento e não tem efeitos secundários graves.

Se estiver tomando este medicamento por via oral,podem surgir alguns efeitos graves que sao pouco prováveis de acontecer, são eles: dores fortes no estômago e intestino, fezes pretas e vômito que se parece com borra de café.

informe ao seu médico imediatamente se qualquer destes efeitos secundários graves acontecerem.

Se você está inalando este medicamento por via oral, procure imediatamente atendimento médico,  se qualquer destes efeitos secundários raros, mas muito graves ocorrerem, são eles: dor e aperto no peito e dificuldade para respirar .

Um grave reação alérgica a esta droga é rara, no entanto, procure imediatamente atendimento médico se notar quaisquer sintomas de uma reação alérgica grave, incluindo: erupção , comichão, inchaço (especialmente da face / língua / garganta), graves tonturas e  dificuldade para respirar.

Esta não é uma lista completa de possíveis efeitos secundários. Se você observar outros efeitos não listados acima, entre em contato com o seu médico ou vá a um hospital mais próximo de sua casa.

Precauções

Após a sua administração deve-se manter a via respiratória com um fácil acesso caso haja necessidade de sucção mecânica (aspiração), pois ocorrerá um aumento das secreções brônquicas fluidificadas.

Deve-se ter muito cuidado ao ser administrado em Pessoas com Asma, sempre vigie atentamente. Caso ocorra bronco espasmo (fechamento dos brônquios), o seu médico prescreverá uma nebulização com um bronco dilatador ( para expandir os brônquios fechados); se não houver melhora suspenda a nebulização.

Reações na gravidez

Com relação ao uso pelas grávidas ainda não existem provas conclusivas, portanto recomenda-se não usar no período da gravidez e quando estiver na amamentação a não ser que o benefício para a mãe supere o risco potencial para o feto.

Nas doses utilizadas como antídoto, a acetilcisteína pode piorar os vômitos provocados pela intoxicação hepática pelo Paracetamol.

Reações adversas da Acetilcisteína (fluimucil)

Em algumas ocasiões poderão ser observados estomatite (doença causada por vírus que causa aftas na boca), náuseas, vômitos, febre, tonturas, bronco constrição (fechamento dos brônquios), e rinorreia (corrimento de secreções pelo nariz).

Pode também ocorrer urticária generalizada que se apresenta como lesões circulares avermelhadas e edemaciadas (inchadas) na pele, costumam coçar muito e se não for possível controlar o tratamento deverá ser suspenso.

Outra ocasião em que o tratamento pode ser suspenso é se for desenvolvida Encefalopatia (disfunção cerebral) causada pela dificuldade do fígado em eliminar toxinas presentes no organismo e em algumas coisas que ingerimos.

Interações da Acetilcisteína (fluimucil) com outros medicamentos

Antes de usar esta medicação, informe o seu médico todas as medicações que faz uso e também das ervas que você pode usar, para que ele veja se haverá algum problema na interação com a Acetilcisteína .

Este medicamento pode interferir com alguns exames laboratoriais (incluindo teste de cetona na urina), possivelmente causando resultados de teste falsos.

Certifique-se de que o pessoal do laboratório e todos os seus médicos sabem que você usa este medicamento.

Mantenha uma lista de todos os seus medicamentos com você, e partilhe- a com o seu médico.

Superdosagem

Intoxicação por paracetamol

A acetilcisteína é recomendada como antídoto para a superdose de paracetamol com possível risco de toxicidade hepática. Estudo comparou 100 casos de intoxicação por paracetamol tratados com acetilcisteína endovenosa e 57 casos que receberam
unicamente o tratamento de suporte. Demonstrou-se uma redução importante da toxicidade hepática grave (58%
suporte a 2% no grupo acetilcisteína) quando o tratamento foi administrado nas primeiras 10 horas após a ingestão de paracetamol.

Em um estudo de que avaliou 4084 pacientes intoxicados por paracetamol, foram comparados os pacientes que receberam regime de
acetilcisteína por via oral (regime de 72 horas) e por via endovenosa (regime de 20 h).Os pacientes que receberam tratamento endovenoso nas primeiras 12 horas após a ingestão de paracetamol tiveram menor toxicidade hepática (RR 0,54, CI95% 0,38 a 0,75 às 4 horas; RR 0.84, CI95% 0,71 a 1,00 às 12 horas e 12 minutos).

Entre 12 e 18 horas após a ingestão de paracetamol, o tratamento endovenoso com acetilcisteína diminuiu a toxicidade hepática de forma semelhante ao tratamento oral. Ainda é destacada a vantagem de poder utilizar o tratamento endovenoso em pacientes que apresentam vômitos. Em um estudo com pacientes pediátricos, a acetilcisteína endovenosa por 52 horas mostrou eficácia semelhante ao regime com acetilcisteína oral por 72 horas.

Dose:

Se você estiver usando este medicamento para tratar a doença de pulmão e esquecer de uma dose, tome-a assim que lembrar. Se for perto da hora da próxima dose, pule a dose e retome o seu habitual esquema de administração. Não duplique a dose para se recuperar.

Se você estiver usando este medicamento para o tratamento de overdose de paracetamol, é importante tomar cada dose programada conforme as instruções.

Se você esquecer de uma dose, contacte o seu médico imediatamente para estabelecer uma nova dose.

Armazenamento

Conservar à temperatura ambiente entre os(15-30 graus C) longe da luz. Após a abertura do frasco, guarde na geladeira entre (2-8 graus C) e usar dentro de 96 horas (4 dias).

A solução pode mudar para uma cor roxo claro. Isso é normal e não irá afetar a forma como o medicamento funciona.

Não armazene no banheiro. Mantenha todos os medicamentos fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Não jogue medicamentos no vaso sanitário, a menos que instruído a fazê-lo. Descarte corretamente este produto quando acabar a validade  ou deixaram de ser necessários.

Consulte o seu farmacêutico ou local de uma empresa de eliminação de resíduos  para obter mais detalhes sobre como descartar o produto com segurança.

Acetilcisteína (Fluimucil) Xarope

n acetilcistína XAROPE fluimucil

MODO DE USO

Aspecto Físico e Características Organolépticas
Xarope límpido, incolor, com sabor e odor de framboesa, isento de partículas e impurezas.

 Uso Adulto:

de maneira geral 600 mg ao dia, ou conforme a seguir:
A duração do tratamento é de 5 a 10 dias, não desaparecendo os sintomas procure um médico.

Indicações Específicas

Complicação Pulmonar da Fibrose Cística A posologia recomendada para este caso é a seguinte: Adultos: de 200 a 400 mg a cada 8 horas.

A critério médico, as doses acima podem ser aumentadas até o dobro (de 400 a 800 mg).

Intoxicação acidental ou voluntária por paracetamol Por via oral, dose inicial de 150 mg/ kg de peso corpóreo, a ser ingerida no mínimo dentro de 10 horas após o uso do agente tóxico (paracetamol),seguida por doses individuais de 70 mg/ kg a cada 4 horas por 1 a 3 dias.

Caso você esqueça de tomar uma dose, deve tomá-la o quanto antes, e tomar a dose seguinte como de costume, isto é, na hora regular e sem dobrar a dose.

 

Como usar o granulado Acetilcistína (Fluimucil)? 

Disslvendo n acetilcisteína FluimuilO granulado deve ser dissolvido com o auxílio de uma colher e ingerido em seguida. Não se deve guardar a solução.

Siga corretamente o modo de usar. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação médica.

Não use o medicamento com o prazo de validade vencido. Antes de usar observe o aspecto do medicamento.

 

 

Artigos Relacionados:

3 Comentários

  1. liliane r cotinho

    perguntei varias vezes e nao tive resposta,quero saber se posso tomar dipirona,fazendo uso de acetilcisteina,estou com um fortissimo resfriado muito catarro,me foi indicado esse medicamento,so que estou com dor de cabeça e febril,quero orientação pois so dipirona me faz efeito obrigada,nao interessa se ja disse quero resposta

    Responder
    1. Aumente Sua Saúde

      Olá Liliane, não tem problema tomar dipirona, mesmo fazendo uso de acetilcisteína. Desculpe por não termos respondido antes.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *