Quais perigos as Gorduras podem nos trazer?

Nos dias de hoje a medicina vem aceitando a teoria de que as gorduras saturadas (animal) promove a aterosclerose. Uma doença em que o colesterol é depositado nas artérias (principalmente as do coração). Mesmo assim o mundo ocidental ainda considera esta condição como uma característica normal da vida humana.

A aterosclerose é uma doença de estilo de vida, particularmente relacionada com o consumo regular de alimentos ricos em gorduras saturadas como:

  • carnes,
  • leite integral e seus derivados,
  • alimentos preparados feitos com margarina,
  • banha,
  • gordura de carne bovina e 
  • óleo palmiste.

Uma defesa contra a morte precoce por ataques cardíacos é eliminar esses alimentos ou comê-los apenas com pouca frequência.gorduras

A Doença arterial começa cedo na vida de muitas pessoas que comem e adotam esse estilo de dietas “típicas”. Autópsias de soldados com dezoito e dezenove anos de idade mortos na Guerra do Vietnã mostraram que a maioria deles já tinha depósitos de colesterol em suas artérias coronárias.

Gorduras Poli-insaturadas (gordura boa), são melhores que as Saturadas (gordura má) ?

Devido à crescente conscientização dos efeitos nocivos de gorduras saturadas, médicos e nutricionistas começaram a recomendar outros tipos de gorduras. Com este pensamento a indústria de alimentos começou a promover os produtos ricos em ácidos gordos (graxos) poli-insaturados do tipo:

  • Óleo de Cártamo ou
  • Açafroa.

Os quais tiveram um grande crescimento de popularidade.

Pesquisas mostraram que a substituição das gorduras saturadas na dieta pelas poli-insaturadas reduziu o colesterol no sangue e as gorduras monoinsaturadas foram consideradas neutras, não aumentaram e nem abaixaram, também não fizeram diferença para o risco de ataque cardíaco.

Os problemas que o oxigênio pode causar nas gorduras Poli-insaturadas (gordura boa).

Infelizmente as gorduras poli-insaturadas têm seus próprios perigos, que ainda não são amplamente conhecidos. Os pontos de insaturação em cadeias de ácidos graxos (ou gordos), são instáveis ​​e vulneráveis ​​ao ataque do oxigênio, especialmente se as gorduras são aquecidas na presença de ar ou deixadas expostas ao ar e à luz.

Os produtos resultantes dessas reações de oxidação são moléculas altamente reativas que segundo alguns estudos elas podem danificar o DNA e outros componentes vitais das células. Dietas ricas em gorduras poli-insaturadas, nestas condições de aquecimento e exposições podem:

  • aumentar o risco de câncer,
  • acelerar o envelhecimento,
  • a degeneração dos tecidos,
  • agravar doenças inflamatórias e
  • distúrbios do sistema imunológico.

Claro que, em condições normais e um bom armazenamento ela continua mantendo todas as suas qualidades.

A importância do olfato nos alimentos antes de comê-los.

Quando as gorduras oxidam e os compostos perigosos se juntam, tornam-se rançosos e o nosso olfato pode detectar essa mudança. Se você não sabe o cheiro de gordura rançosa, treine o nariz para reconhecê-lo. Não coma nenhum alimento que não tenha o seu cheiro comum.cheirando os Alimentos

 Caso coma alimentos ricos em gordura má como : batatas fritas e biscoitos, tente cheirá-los primeiro, antes de começar a colocá-los na boca. Em biscoitos tipo salgadinhos (Cheetos/Fandangos), os odores são bastante concentrados e fáceis de detectar após a primeira abertura.

Quanto mais insaturada for à gordura, mais rápido ela vai se tornar rançosa em exposição ao ar. O óleo de linhaça é um grande exemplo, pois é tão insaturado que a oxidação rapidamente altera a sua estrutura química. Fazendo com que ele fique seco e duro (Esta é a razão em que ele é utilizado como base para tintas a óleo.).  O Óleo de Cártamo desenvolve um odor rançoso muito mais rápido do que outros óleos.

Gorduras Trans podem trazer malefícios para a saúde.

Há outro perigo em gorduras poli-insaturadas quando elas são aquecidas ou sujeitas a um tratamento químico. As estruturas moleculares de alguns dos ácidos graxos (gordos) podem mudar de uma configuração natural com uma forma curva (chamadas cis) para uma não natural com uma forma articulada (chamada de trans).

Os ácidos graxos trans (AGT), em geral, não são encontrados na natureza, e não sabemos o que o corpo faz com eles. Sabemos que o corpo precisa de ácidos graxos cis para a construção de membranas celulares e hormônios, mas não sabemos como ele lida com os AGT.

É possível que dietas que contem ácidos graxos trans (AGT) causem transtornos na estrutura e função das células. Predispondo a pessoa às doenças, envelhecimento acelerado e morte prematura. Sabemos também que os AGT podem promover a doença arterial, talvez até de forma mais dramática do que a gordura saturada.

Quais os Alimentos que costumamos ingerir normalmente que contêm Gorduras Trans?

Os principais alimentos que contêm gorduras Trans são a margarina, gordura vegetal sólida, e todos os óleos vegetais parcialmente hidrogenados (a principal gordura na maioria dos biscoitos tipo salgadinhos). 

Você Tem Dificuldade Para Emagrecer? Ou Gostaria de Perder Peso Mais Rápido?

Clique Aqui e Veja Como Isso é Possível 

Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *