Dieta Para Diabetes Tipo 2?

Pensando em auxiliar você que tem diabetes tipo 2,  que está começando o seu tratamento e está em busca de uma alimentação mais saudável, criamos um artigo especial com dicas de dieta para diabetes tipo 2.

É isso mesmo, vamos dar dicas do que você pode ou não comer! O que você pode incluir em sua alimentação diária e muito mais! Lápis e papel nas mãos e vamos as nossas dicas de dietas para diabetes tipo 2. Confiram.

O diabetes tipo 2 é uma doença crônica, que se caracteriza pelos altos níveis de glicose na corrente sanguínea. Esta doença pode acarretar em diferentes tipos de problemas.

Entre os principais sintomas são: a má cicatrização, cegueira e até mesmo o coma diabético para os casos mais extremos. Mas, fique tranquilo, pois quando a

Resultado de imagem dieta para diabetes tipo 2

doença já se instalou é possível sim ser controlada, e dessa maneira você conseguirá driblar todos os sintomas.

 

 

Como já falamos em artigos anteriores, não é segredo algum que para nivelar os níveis de glicose na corrente sanguínea, é preciso apostar em uma dieta especial. Dieta esta que irá auxiliar o organismo a regular os níveis de açúcar, em especial em casos de diabetes tipo 2.

A Dieta para diabetes tipo 2 é altamente recomendada, para que a pessoa consiga manter os níveis de açúcar em segurança.

Conheça agora um pouco sobre os alimentos que farão parte da dieta para diabetes tipo 2.  Aprenda a como evitar casos de hiperglicemia e melhor, como pode melhorar sua qualidade de vida. Isso mesmo, com a dieta para diabetes tipo 2, você conseguirá viver muito melhor com as reações e sintomas que fazem parte do seu dia a dia.

Quais os Sintomas da Diabetes Tipo 2?

Vamos recordar os sintomas da diabetes tipo 2, são eles:

– Fadiga;

– Visão turva;

– Excesso de sede;

– Aumento de apetite.

dieta para diabetes tipo 2

Fique de Olho no Medicamento e Atento com a Hipoglicemia

Todo indivíduo que tem diabetes, acaba aprendendo a conviver com os desequilíbrios de níveis de açúcar presentes na corrente sanguínea. É muito comum ver casos perigosos de hiperglicemia. Porém com a utilização de remédios o perigo é muito reduzido. Mas aqui entra a primeira dica, é preciso ficar de olho para que não ocorra uma queda brutal das quantidades de açúcar, assim sendo necessário o aumento dos níveis de glicose repentinamente.

Todos sabemos, o açúcar é o mais inimigo da diabetes, entretanto, quando existem casos de hipoglicemia, é recomendável ingerir um colher de mel ou mesmo de açúcar, mas claro, sempre sem exageros!

Quais os Alimentos não Farão Parte da Dieta para Diabetes Tipo 2

Você que está começando uma dieta para diabetes tipo 2, é preciso evitar alguns alimentos principalmente os ricos em colesterol, sódio, gorduras saturadas e trans, pois são esses alimentos que poderão aumentar as chances de doenças cardíacas e em casos extremos até derrames.

Sabemos que os alimentos com gorduras precisam ser evitados por todas as pessoas. Em especial as pessoas que estão em uma dieta para diabetes tipo 2.

Substitua carnes por peixes de água fria e ricos em ômega 3, como é o caso da sardinha, arenque, salmão e cavala. Já os alimentos como abacate, azeite de oliva e nozes que mesmo sendo ricos desses mesmos nutrientes, poderão sim fazer parte da sua dieta para diabetes tipo 2.

Fique longe desses alimentos:

    • Laticínios ricos em gordura;
    • Alimentos processados e industrializados;
  • Bacon;
  • Frutas ricas em açúcar – laranja, uva, banana, damasco, passas;
  • Carnes vermelhas em geral.

dieta para diabetes tipo 2

Quais os Nutrientes Necessários na Dieta para Diabetes Tipo 2

A palavra chave para quem está iniciando a dieta para diabetes tipo 2 é equilíbrio. É necessário aprender a equilibrar o consumo de açúcares, carboidratos e gorduras.

Enquanto os carboidratos refinados e processados são péssimos para você, os integrais e com fibras são extremamente benéficos em muitos aspectos.

Veja agora alguns dos alimentos que necessitam fazer parte da dieta para diabetes tipo 2:

  • Grãos integrais;
  • Ervilhas e feijões – Sempre dosados;
  • Frutas frescas e com baixo teor de glicose – cerejas, mirtilos, framboesa, pera, amora, melão, melancia e etc.
  • Nozes;
  • Vegetais de folhas verdes.

Fique longe dos carboidratos de rápida absorção! O amido é um dos alimentos que fazem a conversão e se tornam glicose na corrente sanguínea. Ou seja, não serão utilizados como fonte de energia, e sim como minerais, fibras e vitaminas.

Dê preferência para o amido de grãos integrais, pois além de ser mais saudável, consegue maximizar a nutrição e é digerido de maneira mais lenta que o amido comum.

Aprenda a fracionar suas porções e siga sem medo sua dieta para diabetes tipo 2!

 

Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *